24 de out de 2013

Projeto 333: testar ou não?

     Já havia lido sobre o Projeto 333, porém ao ler o blog Um ano sem compras eu fiquei com muita vontade de testar. Para quem não conhece, esse projeto sugere usar apenas 33 peças de roupas, sapatos e acessórios durante 3 meses (não estão incluídas roupas íntimas, pijamas, roupas de ficar em casa e de academia). Estava amadurecendo a ideia, até fiz uma lista de que roupas utilizaria nesse primeiro trimestre. Até que ontem decidi fazer um inventário das minhas roupas. Me surpreendi pela quantidade de roupa que possuo (mesmo já tendo doado várias delas nos últimos 2 meses). Ontem, enquanto realizava a contagem das peças, aproveitei para organizar meu guarda-roupa e deixar cada gaveta com itens da mesma categoria (por exemplo: deixei todas as regatas casuais juntas, todas as regatas de sair juntas, e assim por diante). Ao fazer isso, fiquei me questionando se realmente seria interessante fazer esse projeto e decidi que, pelo menos por enquanto, quero ampliar minhas combinações de roupas e acessórios, tentar usar mais peças, pois muitas delas ainda uso pouquíssimas vezes, mesmo gostando da roupa.
     O que fiz na verdade foi apenas contar quantas peças de roupas e sapatos eu possuo, porém minha ideia é de tirar fotos de todas elas, para que fique mais fácil pensar em novas combinações. Ainda não tive coragem para fazer isso! hehe

     Ahhh...ao fazer o inventário, separei mais 6 peças de roupas para doação!

13 comentários:

  1. Bacana isso! Eu acho que quando temos um guarda roupas mais enxuto é muito mais fácil ver as peças e, consequentemente, pensar em novas maneira de usa-las.

    Quando fico em dúvida pesquiso a peça no google e vejo que tem vários looks super inspiradores. Não sei se eu conseguiria realizar esse projeto de 33 peças...Mas nunca digo nunca. Quem sabe mais pra frente! Rs

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O google também me ajuda quando estou sem ideias!! Muitas vezes é possível fazer combinações muito bonitas, mas que nem nos damos conta!

      Beijos..

      Excluir
  2. Eu já pensei em fazer isso de tirar fotos das coisas que possuo porque tenho muita roupa e daí não iria esquecer o que tenho, que é o que as vezes acontece :/

    beijossss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É..acabamos esquecendo muitas roupas mesmo. Quero separar um "tempinho" (tempão rsrs) para que eu consiga fotografar minhas roupas!

      Beijos...

      Excluir
  3. Acho o projeto interessante, mas não sei se conseguiria. Estou fazendo um esforço para usar todas as peças que tenho e aquelas que vejo que nunca têm saída, faço doação. Também me inspiro em blogs para variar as combinações.

    www.umdiasereichef.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, por enquanto decidi ir no mesmo caminho que você: me esforçar para usar tudo aquilo que tenho e que muitas vezes acabamos por não usar!

      Excluir
  4. Uma vez eu pensei: "isso pra mim é fichinha! Eu nem devo ter mais do que 30 peças de roupa!". Aí fui contar... E NOSSA, que decepção, haha... Ficou bem claro que a minha percepção do meu guarda-roupas estava totalmente errada, rs... Já dei uma boa diminuída depois disso, mas não parei pra contar mais. Vou fazer isso um dia desses! =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também achei que tivesse bem menos roupas!!! Principalmente sapatos, pois mesmo não sendo aquelas pessoas viciadas em sapatos, eu possuo 20 pares. Achei muito!

      Excluir
  5. Se não conseguimos doar ou vender o que temos a mais, penso que uma outra boa opção é guardar uma parte do nosso vestuário e calçado, e usar intensivamente a outra, até a gastar ao máximo dos máximos, o que na verdade também requer bastante CORAGEM. Claro que, com roupa de casa (lençóis, toalhas de banho e de mesa, etc), como com a roupa interior, é mais fácil selecionar um lote para usar até ao fim, e depois avançar para o que guardámos, verdade?

    Todavia, se temos muuuuuuuuuuuuuuita roupa e calçado, o que se tornou demasiado normal para que não seja o caso de todos nós, os deste lado do mundo desenvolvido, este é um bom desafio para iniciar o caminho do minimalismo. O qual, quando é sinceramente iniciado, nos oferece uma perspetiva de vida completamente nova e, sob muitos aspetos, inimaginável... Força, então, para todas (os) os que sentem vontade de viver uma vida melhor, emocionalmente mais rica, lúcida, criativa e feliz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria, concordo com você! Essa dica que você deu é bem interessante também, porém eu decidi começar já destralhando! hehe... parecia que tinha que me livrar de certas coisas que estavam apenas "emperrando". Foi como uma limpeza!

      Beijos..

      Excluir
  6. Acho que nem tenho mais do que isso!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótimo! Então você já está a praticar o Projeto 333!! hehehe

      Beijos...

      Excluir
  7. Olá, hj estou iniciando o meu 333, faz quase 2 anos que estou nessa: "será"... mas hj dei o ponta pé inicial: não foram exatamente 33 peças foram 35, sem contar sapatos e acessórios... contoando por cima deve ser na verdade projeto 50 (rsrsr) mas eu acho que cada um deve escolher da forma que achar mais agradável... eu coloquei no meio peças que eu amo e peças que estou apegada mas não uso (as que não gosto já mandei embora nesse processo de 2 anos) e me fiz um desafio ou eu uso as peças de apego ou irão achar outro dono!!! No inverno pretendo separar apenas 33 contando os sapatos, ou não tb... valeu pelas experiencias!!!

    ResponderExcluir